Digitalização é destaques da FIEE Smart Future e FIEE Smart Energy

24-jul-2019

Temas são apresentados por especialistas em evento que vai até a sexta-feira, dia 26, no São Paulo Expo

A digitalização dos setores industrial e elétrico e os mecanismos de apoio e financiamento à inovação estão entre os principais temas dos painéis apresentados no primeiro dia da FIEE Smart Future e FIEE Smart Energy, que acontecem até a sexta-feira, 26 de julho, no São Paulo Expo.

Os participantes da feira estão tendo oportunidade de ouvir especialistas sobre como ter acesso a recursos de fomento a iniciativas inovadoras, além de receber informações sobre temas de interesse do setor, como a Lei de Informática, e conhecer as experiências de grandes marcas do mercado com a digitalização.

Um dos destaques foi o painel “Desempenho do Brasil em Inovação e o Apoio à Gestão Empresarial”, que reuniu representantes das esferas pública e privada. Moderado pelo coordenador do Grupo de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Abinee, Luciano Cardim, contou com a participação do secretário de Empreendedorismo e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Paulo Alvim, e do presidente da Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa

Tecnológica e Inovação (ABIPTI) e do Instituto Lactec, Luiz Fernando Vianna.
Alvim abordou os avanços da inovação no Brasil, traçando uma linha do tempo a partir dos primeiros projetos e institutos de inovação tecnológica até os dias atuais. Luiz Fernando Vianna apresentou cases desenvolvidos pelo Instituto Lactec, cujos resultados estão sendo exportados a partir do Brasil.

O painel integrou a Arena de Inovação e Novas Oportunidades de Negócios, que contou ainda com o painel “Linhas de Financiamento à Inovação e Empreendedorismo”, moderado pelo vice-presidente do IPD Eletron, Paulo Ivo, com apresentações da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O diretor de Planejamento e Gestão da Embrapii, José Luis Gordon, abordou os modelos de operação da instituição, que parcerias entre startups e grandes empresas. De acordo com Gordon, a vantagem desse modelo é a agilidade, a flexibilidade e a baixa burocracia, com uma média de aprovação de projetos variando de dois a três meses. O debate teve ainda o “Lançamento BNDES – Produtividade e Competitividade da Indústria do Futuro”, realizado pelo chefe do Departamento de Credenciamento e Conteúdo do banco, Lucas Lucena, e pelo gerente de Clientes e Relacionamento, Marcus Vinicius Macedo Alves, que apresentou novos produtos aprovados pelo BNDES, com enfoque em projetos de Indústria 4.0.

A importância da Transformação Digital foi o destaque do painel “Aplicação de Big Data e Machine Learning nas etapas da cadeia”, da Arena de Automação e Manufatura Inteligente, com participação de Gustavo Gattass (Head of Products Data & AI da Microsoft Brasil) e Raphael Haddad (Gerente de Hybrid Solutions da ABB), com mediação de Carlos Urbano (Diretor de Automação Industrial da Schneider Eletric). O debate mostrou a importância da gestão de dados para melhorar a competitividade das empresas, engajar colaboradores e clientes, tornar os produtos mais competitivos e aumentar a receita da companhia tornando a operação mais eficiente. Segundo os participantes, o uso de dados não gera informações apenas para a área da Tecnologia da Informação (TI), mas também traz impactos para a tomada das decisões e definição de estratégias para novos negócios.

Na área de energia, a arena de Geração, Transmissão, Distribuição e Comercialização trouxe debates sobre aspectos regulatórios, financeiros e ambientais no setor elétrico, com participação de especialistas do Ministério de Minas e Energia, ABINEE, America Energia, ABRACEEL e Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, entre outros. Já na Arena de Eficiência Energética, o destaque foi o painel “Plano Decenal de Energia Elétrica e os Investimentos Necessários nos Próximos Anos”, com a participação do Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético, Reive Barros, e do Gerente do Programa Nacional de Conservação de Energia da Eletrobras, Marcel da Costa Siqueira, com moderação do Presidente da COGEN, Newton Duarte, e debateu quais serão as ações necessárias para a evolução do setor, com grande enfoque no planejamento de investimentos.

Os fóruns e painéis fazem parte do Abinee Tec 2019 e da 9ª edição do CIERTEC, que oferecem mais de 250 horas de conteúdo, com palestras de especialistas de marcas e instituições como Microsoft, Samsung, BNDES, USP, Grupo Moura, além de institutos associados ao IPD Eletron, entre outros. O Fórum AbineeTec, o IX CIERTEC e as Ilhas do Conhecimento AbineeTec têm patrocínio Master da Eletrobras e do Governo Federal, patrocínio Diamante da Schneider e Siemens e patrocínio Institucional da CNI.
As inscrições para a mostra são gratuitas e podem ser feitas diretamente na página: https://www.fiee.com.br/Credenciamento/.

Anote em sua agenda
FIEE Smart Future – de 23 a 26 de julho, das 13h às 20h.
São Paulo Expo - Rod. dos Imigrantes, Km 1,5 - Vila Água Funda, São Paulo - SP, 04329-900

Planin - Assessoria de Imprensa da FIEE
Angélica Consiglio, Beatriz Imenes e equipe – www.planin.com
Contato: Thelma Kai, Sabrina Andrade e Lucas Rodrigues – (11) 2138-8909
E-mail: fiee@planin.com

Publicidade:

Baixe o eBook

60 Anos de Tecnologia Industrial
Clique aqui

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber as novidades da FIEE. Fique por dentro de tudo o que acontece.

Cookies são utilizadas para operar este site e para melhorar a sua usabilidade. Os detalhes completos sobre o que são os cookies, por que os usamos e como você pode gerenciá-los, podem ser encontrados na nossa página Privacidade & Cookies. Por favor, leve em consideração que ao utilizar este site você concorda com o uso de cookies.